único no mundo...

"...E foi então que apareceu a raposa:
- Bom dia, disse a raposa.
- Bom dia, respondeu polidamente o principezinho, que se voltou, mas não viu nada.
- Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira...
- Quem és tu? perguntou o principezinho. Tu és bem bonita...
- Sou uma raposa, disse a raposa.
- Vem brincar comigo, propôs o principezinho. Estou tão triste...
- Eu não posso brincar contigo, disse a raposa. Não me cativaram ainda.
- Ah! desculpa, disse o principezinho.
- Que quer dizer "cativar"?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa "criar laços..."
- Criar laços?
- Exactamente, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo..."

"Le petit prince", Antoine de Saint Exuperry


Mini vol-au-vents de cogumelos
serve 12
Ingredientes:
1 caixa de mini vol-au-vent
1 lata de cogumelos
100g queijo creme
1 c. sopa vinho do porto
manteiga e salsa q.b.

Preparação:
Cortar os cogumelos em pedaços pequenos.
Aquecer uma frigideira com manteiga e alourar os cogumelos.
Juntar o vinho do porto e deixar apurar. Deixar arrefecer.
Misturar os cogumelos com o queijo creme e preencher os mini vol-au-vents.

Inspiração: revista Blue Cooking

No comments:

Post a Comment

Thank you!